Seguro Animal

As pessoas precisam de Seguro de Vida e Seguro de Saúde, bem como os animais de estimação precisam de um Seguro Animal.

Os animais de estimação, cada vez mais, são membros da família. No entanto, sendo animais irracionais o seu comportamento é imprevisível. Neste sentido, compete aos tutores garantir a salvaguarda dos seus amigos de quatro patas.

O Seguro Animal compreende as coberturas de responsabilidade civil, assistência veterinária, defesa jurídica e guarda animal.

Que informações preciso para fazer o seguro?

Para escolher o melhor seguro é necessário ter em conta as coberturas e limites de capital, as franquias, períodos de carência e exclusões.

Numa simulação serão sempre pedidas algumas informações do animal. Data de nascimento para perceber a idade do animal. Um animal jovem tem tendência a fazer mais estragos e um animal mais velho tem por norma mais problemas de saúde.

Espécie e raça para compreender se existe grau de perigo no animal. No caso dos cães existem raças consideradas perigosas que têm um valor acrescido. Esta característica tem peso na responsabilidade civil para com o animal.

O género para ter em conta o valor da esterilização. A cor e o número do microchip também são pedidos de forma a reconhecer o animal.

Algumas seguradoras pedem ainda um questionário de avaliação do estado clínico do animal.

O que está incluído no seguro animal?

Por norma o valor do prémio é mais elevado para cães do que para gatos. Esse valor garante as indemnizações por danos causados a terceiros pelo animal. Por vezes cobre também as despesas médicas veterinárias, cirurgias, eutanásia e/ou funeral. O desaparecimento e/ou a guarda do animal também são tidos em conta.

Assim, os seguros para animais são cada vez mais procurados por assegurarem as situações inesperadas que podem ocorrer.

Na panóplia de situações estão incluídas a responsabilidade civil, a assistência veterinária, a defesa jurídica e a guarda animal.

A responsabilidade civil pressupõe os prejuízos causados a terceiros pelo animal.

A assistência veterinária consiste, na maioria dos seguros, no reembolso das despesas veterinárias. Seja em consultas ou medicamentos o valor é deduzido da franquia. Em alguns seguros é ainda possível também aceder a uma rede de serviços cujo pagamento não necessita ser feito se ficar dentro dos limites da apólice.

A defesa jurídica é o pagamento das despesas de tribunal correspondentes a possíveis danos materiais e corporais causados pelo animal.

A guarda animal é o serviço de assistência ao animal num canil ou gatil em caso de acidente ou hospitalização.

Quando se deve fazer o seguro animal?

Assim que pense em ter um animal deve procurar também um seguro. É essencial proteger os membros da nossa família desde o primeiro dia.

Para si representa um maior controlo dos gastos com a saúde do seu animal. Além disso, tem também a certeza da proteção de qualquer imprevisto.

A Desafio D’Elencos analisa as suas características e necessidades para encontrar a melhor solução para proteger o seu melhor amigo.

Para saber mais sobre este e outros temas acompanhe as nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Linkedin e Youtube e o nosso blog!

Phone
Messenger
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone